Batalha De Games - Overwatch x Paladins

A anatomia da sua NAVE: Tudo que você precisa saber sobre o processador do Gamer Desk Órbita

3 meses atrás
Compartilhe

Para você que é gamer e está à procura de um gamer desk que atenda às suas expectativas com uma performance alta, vale a pena checar o Órbita, uma de nossas NAVEs preferidas.

Entre muitas credenciais de respeito, o gamer desk Órbita tem como um de seus pontos altos o processador: nada menos que um Intel Core i7-9700KF, uma das joias da 9ª geração de processadores Intel.

Para que você conheça melhor essa supermáquina, e, principalmente, o processador que dá vida a ela, fizemos este artigo. Vamos lá!

 

O gamer desk Órbita

Máquina mainstream da NAVE, o Órbita é uma excelente opção para quem quer um bom poder de fogo, fazendo um investimento com bom custo X benefício.

Em matéria de memória RAM, o Órbita tem gabarito para rodar qualquer game: são 16 GB de capacidade divididos em dois pentes DDR4 com 2666 MHz de frequência – e com suporte a dual channel, permitindo que você explore o máximo da RAM.

A placa de vídeo traz ótimo desempenho para diversos cenários: a NVIDIA GeForce GTX 1660 Super está dentro dos planos para quem quer jogar, em full HD, todos os games com ótima qualidade e performance de uma máquina intermediária.

Para manter o desempenho de toda essa potência, nada menos do que quatro coolers RGB, pensados especialmente para o clima tropical, evitando problemas de superaquecimento.

Vamos agora falar do que mais interessa: o processador Intel Core i7-9700KF e a sua geração!

 

Intel Core 9ª geração

Batizada de Coffee Lake Refresh, 9ª geração de processadores Intel Core segue, em grande parte, o caminho da geração anterior, o que se evidencia pelo nome (a 8ª se chamava Coffee Lake). A arquitetura foi inteiramente mantida, assim como os semicondutores de 14 nm.

A principal diferença é a saída dos 6 núcleos e 12 threads com a tecnologia Hyper Threading, que usava núcleos virtuais, para 8 núcleos e 8 threads – todos reais, o que não ocasiona perda de desempenho.

Entre os modelos lançados com a 9ª geração, veio o processador do seu gamer desk Órbita. Vamos conhecê-lo!

O processador Intel Core i7-9700KF

Uma das joias da Intel Core 9ª geração, o i7 tem diferentes variações, e a que está no seu gamer desk Órbita é a 9700KF. As letras K e F têm significados: enquanto a F significa que o processador não tem placa de vídeo integrada, o que significa que ele foi desenvolvido para usar uma placa gráfica externa, o K representa o desbloqueio do componente para o overclock.

Muito comum no mundo gamer, o overclocking foi facilitado pela Intel na linha K, podendo ser feito rapidamente pelo próprio software do próprio processador.

Falando em clock, as credenciais do Intel i7 9700KF são poderosas: 3.6 GHz de clock base com turbo clock de até 4.9 GHz, capacidade para dar conta de quase tudo sem lags.

O 9700KF ainda conta com 12 MB de memória cache L3, e, como dito anteriormente, 8 núcleos reais com 8 threads – todos reais, sem Hyper Threading.

A ausência do Hyper Threading e a consequente menor quantidade nominal de threads pode gerar desconfiança quanto ao desempenho, porém não há o que temer: o fato de serem núcleos reais garantem performance superior. 

Tenha um gamer desk para ninguém botar defeito!

E aí, gostou do processador do Órbita? Sem dúvida, um coração perfeito para uma máquina poderosa, pensada para o consumidor gamer, que vai te permitir a melhor experiência!

Se você procura um excelente gamer desk mainstream equipado com esse poderoso processador Intel, clique aqui e monte agora a sua máquina com a NAVE!